google-site-verification=dvB2QRCePe7dYZ2OVuCDLFGOULJlTSp0GvbmcDscA0o

Quem Somos

Melhores pessoas, melhores resultados.
Somos uma empresa de consultoria que acredita que o desenvolvimento humano é o principal fator de geração de resultados para uma organização. Por este motivo construímos resultados surpreendes com nossos clientes através do engajamento e preparação de pessoas nas organizações.

Horário de Atendimento

Monday - Friday 09H-18H
Saturday - Sunday Fechado

contato@merithu.com.br

(51) 98116.6890 • (51) 99362-2743 • (51) 99688-8229

Top

Inovar ou morrer: aprendizados do Ram Charan

Inovar ou morrer: aprendizados do Ram Charan

 

No último 06 de Junho, Porto Alegre recebeu a edição centenária do CEO FÓRUM da AMCHAM com o tema “Inovação e Legado”. Como destaque do evento, o fórum contou com a palestra do escritor indiano Ram Charan, que afirmou “se você não inovar, prepare-se para morrer ou sofrer ataque”. Sendo então a inovação uma questão essencial para a sobrevivência das empresas, Ram Charan deixou aos presentes seis dicas para competir no jogo da inovação. Confira a seguir um resumo destas dicas.

 

Dica 1 – O melhor dos tempos: Estamos vivendo o período mais favorável da história para a inovação. A internet e a digitalização dos dados democratizaram o surgimento e disseminação de novas ideias. Então, Ram Charan sugere duas coisas (1) seja o campeão de atletismo dos negócios, as organizações devem ser ágeis para inovar e não se contentarem com uma inovação pontual, pois ela deve ser continuada; e (2) crie a cultura de ensinar na sua empresa, multiplicando seus aprendizados e incentivando que outros ensinem também, para que o conhecimento e as novas ideias se propaguem por toda a organização.

 

Dica 2 – A era do consumidor: A democratização da informação mudou a relação de poder de barganha entre empresa e consumidor. Hoje o consumidor, através da comparação de preços, possui mais poder que antes. Dentro deste cenário, é essencial que todos os líderes sejam obcecados por compreender o consumidor, ou seja, a inovação deve ser 100% focada na agregação de valor ao consumidor. Para isso, as empresas devem usar os algoritmos ao seu favor para processar os dados das transações dos consumidores: o que eles consomem? Qual preço estão dispostos a pagar? Qual serviço valorizam? Como eles se comunicam? Sua empresa não pode mais sobreviver sem algoritmos.

 

Dica 3 – A lacuna de preço: Encontrar as lacunas de preço e encontrar soluções para capturá-las é uma ótima oportunidade de crescimento para as empresas. Por quantos intermediários seu produto passa até chegar ao consumidor? Você não poderia estar capturando um pedaço do preço do intermediador? Nesse sentido, Ram Charan aponta a Amazon como um benchmark na área, pois ela cresceu exponencialmente com a simples solução de oferecer produtos direto ao consumidor e, por tanto, praticar preços diretos. Outro aprendizado da Amazon é que as empresas devem ousar em sonhar em vender 10 vezes mais do que hoje. Para conseguir alcançar esse objetivo, a empresa vai se forçar a inovar para capturar mais valor, mais preço e mais margem de contribuição. E você, já se perguntou como capturar mais receita do mesmo cliente?

 

Dica 4 – O futuro: Para Ram Charan, existem 14 empresas que mudaram a sociedade e, consequentemente, mudaram o futuro do mercado consumidor. Algumas destas empresas são as conhecidas Facebook, Amazon, Microsoft, Uber, Netflix e Alibaba. Estas empresas nos ensinaram que, em relação a agregação de valor, o futuro é transformar os produtos em serviços.  O consumidor procura cada vez mais experiencia e compartilhar, por isso tudo será precificado pelo uso e não pela posse. Por outro lado, estas empresas também desafiaram a contabilidade. Empresas digitais possuem baixos ativos e são altamente consumidoras de caixa no início da operação. Porém, quando conseguem colocar seu modelo de negócio em ação, são grandes geradoras de caixa, quando comparadas com empresas tradicionais. Por isso, a métrica de avaliação das empresas “lucro por ação” será prontamente substituída por “caixa por ação”.

 

Dica 5 – A dualidade físico/digital: A digitalização das empresas tradicionais é um caminho sem volta. Segundo Ram Charan, não há alternativa, você joga o jogo ou sai do jogo. Até empresas tradicionais e gigantes mundiais, tem realizado esse movimento. Como destaque, temos a GE, que é a única empresa operando no Índice Dow Jones desde 1896, e que assumiu a transformação digital por completo. Como consequência da transformação digital, sua empresa será capaz de integrar com sucesso produtos físicos com produtos digitais. Por exemplo, a Apple que integrou o telefone com o relógio e tem como próximo passo, integrar os dados de saúde de usuários do AppleWatch® com empresas de saúde. Então, hoje o produto da Apple são os relógios, mas no futuro serão os dados. Quais dados são captados pelos produtos da sua empresa?

 

Dica 6 – A execução: Entendendo as cinco dicas listadas acima, você deve estar se perguntando como colocar tudo isso em prática. Para isso, Ram Charan deixou uma última dica que se divide em dois passos:

 

  • Seja uma organização de três camadas, ou seja, reorganize a estrutura hierárquica de sua empresa para que a inovação possa fluir mais facilmente. O processo de inovação requer a tomada de decisões rápidas. O que acontece com as decisões numa empresa de 10 camadas de hierarquia? Combata isso organizando as pessoas em grupos de trabalho dedicados (foco + análise de dados) e descentralizados. O ser humano não precisa de hierarquia, precisa de orientação!

 

  • Não tente morder um elefante com uma mordida só! Em vez de tentar fazer uma grande inovação de uma vez, faça por partes. Se permita falhar e aprender com as falhas, enxergue elas como uma oportunidade. Aposte no seu time! Você líder, olhe para sua camada hierárquica de baixo e selecione 5 pessoas que mais olham para “fora” da organização. Divida essas pessoas em equipes, mude o indicador de medição e deixe o time experimentar e fracassar. Se estes não conseguirem criar algo inovador, mais ninguém o fará dentro de sua organização.

 

Conclusões e último recado

 

Ram Charan nos ensina que a inovação é uma questão de sobrevivência para as empresas. Para que as empresas possam inovar, primeiro elas precisam entender que esta inovação exige um total conhecimento sobre o consumidor, utilizando-se dos dados e algoritmos que a tecnologia proporciona. Com isso, será possível encontrar soluções para capturar as lacunas de preço. Além disso, é preciso entender que assim como o consumidor mudou sua percepção de valor dos produtos, também mudou a forma de avaliação de empresas. Por fim, se tornar digital é pensar em como aproveitar os dados para criar serviços que capturem mais valor do mesmo cliente. Reajuste sua empresa para que possa inovar, comece com desafios pequenos e seja persistente!

E a sua empresa, está seguindo quantas dessas dicas? Não deixe de comentar aqui!

 

Sobre Ram Charan

 

Ram Charan é um renomado consultor, escritor e palestrante indiano. É considerado o guru de grandes executivos ao redor do mundo, sendo reconhecido como principal orientador de Jack Welch, icônico ex-CEO da General Eletric. Aos 85 anos é autor de 25 livros, entre os quais diversos best-sellers nas áreas de liderança e gestão, dos quais podemos destacar Pipeline de Liderança, Execução, O que o presidente da sua empresa quer que você saiba e O Líder criador de líderes. O ainda ativo Ram Charan foi professor na Harvard Business School e na Kellog School da Universidade de Northwestern e atualmente viaja ao redor do mundo ensinando executivos e gestores sobre como resolver problemas em um ambiente complexo e de rápidas mudanças.

 

 

Karen Medroa, MSc e Stefano Hildebrandt | Consultores MERITHU

MERITHU Consultoria

Somos uma empresa de Consultoria que acredita que o desenvolvimento humano é o principal fator de geração de Resultados para uma organização.

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: