Top

Como usar dashboards do Power BI para melhorar seus resultados?

Como usar dashboards do Power BI para melhorar seus resultados?

Já não é mais novidade a ideia de que dados são um ativo muito valioso para qualquer empresa. Possuir a capacidade de transformar dados em informação, informação em insights, e utilizar tudo isso de maneira efetiva no processo decisório, já deixou de ser um diferencial competitivo e transformou-se em fator essencial para o sucesso das organizações. Por entender a importância deste tema, resolvemos trazer este post sobre uma ferramenta que vem auxiliando gestores do mundo inteiro na tomada de decisões – o Microsoft Power BI.

 

O que é o Power BI?

 

O Power BI é uma solução da Microsoft que permite ao seu usuário trabalhar com dados de diversas fontes, processá-los, analisá-los e apresentá-los em painéis, que podem ser acessados por todas as pessoas da organização. Isso significa que, utilizando o Power BI, é possível, por exemplo, consolidar dados de planilhas Excel, bancos de dados relacionais (Oracle, MySQL, etc.) e sites da internet; analisar as relações entre estes dados, bem como sua evolução temporal; e disponibilizar o produto destas análises em dashboards interativos. Estes dashboards podem ser acessados no aplicativo Power BI, em um browser web ou até mesmo em apps para dispositivos móveis Android, iOS ou Windows Mobile.

 

Quais as vantagens que ele traz?

 

Analisar dados e ter a informação de forma clara são fundamentais para o processo decisório. O Power BI possibilita a criação de dashboards personalizados para atender pontualmente cada demanda, contando, inclusive, com atualizações de dados em tempo real. Além disso, os dashboards do Power BI podem ser acessados de qualquer dispositivo com acesso à internet, seja ele seu computador, celular ou tablet.

 

Por ser uma ferramenta self-service, o usuário tem liberdade para gerar dashboards e analisar dados de forma rápida e prática, de modo que, com poucos cliques, possa obter respostas para auxiliar na tomada de decisões. Tudo isso sem necessitar auxílio do setor de TI!

 

Confira abaixo outras vantagens de utilizar o Power BI:

 

  • Comunicação com diferentes fontes de dados
  • Designs inteligentes
  • Coleta de dados diretamente da web ou nuvem
  • Fácil adição de novas fontes de dados
  • Sistema de pesquisa em linguagem natural
  • Código fonte aberto para criação de novos visuais
  • Integração com PowerPoint
  • Envio de relatório por e-mail

 

Exemplos e aplicabilidade

 

O dashboard abaixo foi montado para acompanhamento de vendas:

 

 

Para sua construção, foi utilizada uma planilha em Excel com as metas de vendas e um relatório extraído de uma ferramenta de vendas na web. O Power BI apresenta os resultados de forma clara, possibilitando diferentes estratificações da análise; seja ela de forma global, por tipo de serviço ou unidade comercial – além, claro, de possibilitar a escolha do período para análise. Além disso, ao aplicar determinado filtro para visualização, o Power BI, devido a seus designs inteligentes, atualiza todos os visuais de acordo com a segmentação desejada, facilitando a obtenção das respostas desejadas e agilizando o processo de análise.

 

Algumas dicas para construção dos seus dashboards

 

Separamos aqui algumas orientações para lhe ajudar a construir painéis que realmente agreguem valor à sua organização:

 

  • Tenha foco no resultado. Procure apresentar indicadores que demonstrem claramente os resultados do processo que você está analisando, e garanta que estes indicadores estão alinhados com a estratégia da empresa. Veja mais dicas a respeito de KPIs no nosso post Menos é mais, quando se trata de KPIs.
  • Conheça o seu público alvo, e construa os dashboards tendo em mente as preocupações destas pessoas. Por exemplo, se o painel será acessado por um Diretor Comercial, talvez não faça muito sentido incluir análises aprofundadas de processos administrativos ou industriais. Em geral, quanto mais alto o nível da hierarquia que utilizará os painéis, mais deve-se priorizar indicadores-fim, preferencialmente financeiros ou econômicos.
  • Ao fazer o desdobramento de uma análise, lembre-se do Princípio de Pareto (80% do resultado é explicado por 20% das causas), e foque nas causas mais representativas. Veja mais sobre o Princípio de Pareto no nosso blog (O Princípio de Pareto na rotina diária.)
  • Como nós estamos acostumados a ler da esquerda para a direita e de cima para baixo, procure posicionar mais acima e à esquerda as informações mais importantes ou às quais você deseja dar mais destaque.

 

Se você quer saber como o Power BI pode ajudar a melhorar a gestão de sua empresa, ou se precisa de ajuda para definir a melhor forma de acompanhar seus resultados, entre em contato conosco!

 

 

Autores:

 

 

Paulo Becker

 

É consultor Sênior na MERITHU Consultoria no Rio Grande do Sul. Durante os 11 anos de sua trajetória, auxiliou clientes no setor público e privado a resolver problemas complexos. Realizou análises e intervenções de consultoria para melhorar o desempenho dos clientes em Receita, Despesas, Custos além de contribuir para a construção e revisão da identidade organizacional. É graduado em Ciências da Computação, na UFRGS e especialista em gestão empresarial, pela FGV.

 

 

Augusto Rocha

 

É consultor na MERITHU Consultoria no Rio Grande do Sul. Durante seus 3 anos de experiência, atuou no setor de obras na área de Orçamento e Planejamento, auxiliando na elaboração de relatórios gerenciais, acompanhamento de processos, planejamento de serviços e entrega ao cliente. É graduando em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), tendo cursado Strategy and Marketing na University of La Verne, na Califórnia, Estados Unidos.

 

MERITHU Consultoria

Somos uma empresa de Consultoria que acredita que o desenvolvimento humano é o principal fator de geração de Resultados para uma organização.

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: