Quem Somos

Melhores pessoas, melhores resultados.
Somos uma empresa de consultoria que acredita que o desenvolvimento humano é o principal fator de geração de resultados para uma organização. Por este motivo construímos resultados surpreendes com nossos clientes através do engajamento e preparação de pessoas nas organizações.

Horário de Atendimento

Monday - Friday 09H-18H
Saturday - Sunday Fechado

contato@merithu.com.br

(51) 98116.6890 • (51) 99362-2743 • (51) 99688-8229

Top

Menos é mais, quando se trata de KPIs

Menos é mais, quando se trata de KPIs

“Se você não tem item de controle, você não gerencia.” – Kaoru Ishikawa

 

indicdoresDurante nossa trajetória de Consultoria em Gestão, nos deparamos com dúvidas sobre como criar um sistema de indicadores que realmente auxilie os gestores a obter melhores resultados.

Frequentemente, vemos a criação de inúmeros indicadores em todas as áreas, o que faz com que as pessoas trabalhem muito mais para mantê-los atualizados, do que de fato os utilizem na melhoria dos seus resultados.

Então, qual o melhor caminho? Como ter certeza que implantamos e acompanhamos os indicadores corretos? Qual a quantidade certa de indicadores a serem monitorados?

 

Para auxiliar nesta reflexão, listamos algumas práticas úteis na implantação de um sistema de medição de resultados.

 

Iniciar a escolha dos indicadores pelo nível estratégico

A escolha do indicador global (aquele que foi definido através da estratégia da empresa) deve nortear as demais escolhas. Iniciando pelos indicadores financeiros e econômicos inicia-se pela sobrevivência da organização. O desdobramento para os níveis tático e operacional trará os demais indicadores (qualidade, custo, atendimento, pessoas, sociedade, etc.) que se bem gerenciados irão garantir o alcance do indicador global.

 

Priorizar os indicadores alinhados com os objetivos estratégicos para o ano

Os indicadores devem refletir os resultados dos processos gerenciados pelo gestor. Dependendo do momento da organização, é possível que um gestor seja responsável por diversos processos e isso acarrete em ter muitos indicadores. Para estes casos, sugerimos priorizar a atuação nos indicadores com maior impacto nos objetivos estratégicos definidos para o ano.

 

Ter indicadores simples e de fácil compreensão

As pessoas conseguem bons resultados quando entendem o que estão fazendo e observam evolução. Um sistema de medição de resultados deve ser simples de entender, sem necessitar explicações demoradas e complexas, para informar as pessoas claramente onde elas estão e qual a evolução do seu trabalho.

 

Ter poucos indicadores por gestor

Os recursos na organização são finitos. Não é possível atuar em todas as frentes, logo a priorização é necessária. Segundo o psicólogo George A. Miller, considerado um dos criadores da ciência cognitiva moderna, e a nossa experiência demonstram que selecionar de 5 a 7 indicadores por gestor permite o melhor direcionamento de esforço e consequente melhoria nos resultados.

 

O assunto sobre indicadores não se esgota nestas dicas. A nossa certeza é que sem eles não é possível evoluir nas melhorias e que o excesso e/ou a má escolha torna a empresa lenta, burocrática, sem foco e sem Resultados.

 

CARLOS AFONSO ZILLI | Sócio Diretor e Consultor da MERITHU

 

 

Referências:

Miller, G.A. (1956). The magical number seven, plus or minus two: Some limits on our capacity for processing information. Psychological Review, 63, 81-97;

Francischini, A. Indicadores de desempenho: Dos objetivos à ação – Métodos para elaborar KPI´s e obter resultados, RJ, 2017;

FNQ – Transformando o sistema de indicadores – Avaliação do desempenho global sob a ótica do MEG – 1ª edição, 2015.

MERITHU Consultoria

Somos uma empresa de Consultoria que acredita que o desenvolvimento humano é o principal fator de geração de Resultados para uma organização.

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: