Top

RH Estratégico – O que é e como implementar

RH Estratégico – O que é e como implementar

Quando olharmos a cadeia de valor de Michael Porter, vemos que os processos do RH estão classificados como processos de suporte de uma organização. Esta classificação significa que estes tipos de processos são aqueles que apoiam os processos finalísticos – que agregam valor ao cliente – de forma que garantam o seu sucesso. Porém, muitas organizações acabam por igualar os processos de suporte aos processos não priorizados. Dessa forma, uma área tão importante quanto a área de RH acaba se tornando puramente operacional.

 

A transformação digital é uma realidade! Mudou o consumidor, os meios de produção e até o mercado de trabalho. Mas, dentro de tantas mudanças, acreditamos que o que vai continuar fazendo a diferença para o sucesso das empresas é a combinação, na seguinte ordem, da liderança, do time e da gestão.

Mas afinal, qual é a diferença entre o RH Estratégico e o RH tradicional?

 

O RH Estratégico é o conceito que resgata o papel de suportar para garantir o sucesso da organização. Em resumo, podemos dizer que as três principais diferenças estão em relação a (1) objetivos: enquanto o tradicional possui foco operacional no seu departamento, o estratégico procura a integração entre as áreas; (2) processos: enquanto o tradicional tem processos padronizados e burocráticos, o estratégico procura soluções ágeis e flexíveis a nova realidade e ao colaborador; (3) foco: enquanto o tradicional foca em realizar as tarefas, o estratégico procura entregar resultados melhores.

 

E quais são as atribuições de um RH Estratégico?

 

1) Alinhar as ações do RH a estratégia: Não tenha ações isoladas e operacionais como prioridade. Analise a estratégia da organização e faça seu próprio planejamento estratégico tentando responder às seguintes questões: “Qual é a contribuição do RH na meta de longo prazo da organização? O que impede hoje o RH de alcançar essa meta de longo prazo? Como o RH pode ajudar a empresa a alcançar sua visão de longo prazo?”

 

2) Cuidar das lideranças: As lideranças precisam ter uma atenção especial, tanto na atração e captação, quanto no desenvolvimento das lideranças. Se Para saber mais sobre o futuro da liderança, veja o artigo sobre Os Aprendizados da Pandemia.

 

3) Gerenciar através dos dados: Não diferente de outras áreas da empresa, o RH deve usar a cultura de dados (People Analytics) para identificar oportunidades de melhoria, acompanhar resultados e reverter desvios. Quem não mede não gerencia! Então medir a efetividade dos seus processos é o que permite a melhoria contínua.

 

4)Ter o colaborador no centro: Assim como o foco da organização é gerar mais valor ao cliente, o foco do RH é gerar mais valor ao colaborador (People Experience), criando processos que melhore a experiência do time, tornando mais fácil atrair, recrutar, desenvolver e manter satisfeitos os colaboradores.

 

5) Engajar o time na direção da estratégia: Além de alinhar sua estratégia à estratégia da organização, o RH tem o papel de integração de todos os departamentos, dissolvendo a cultura de silos, onde cada departamento busca seu resultado individual, e fomentando o trabalho a partir do olhar de processos interfuncionais.

 

6) Ser digital: A transformação digital deve ser impulsionada e/ou promovida pelo RH num sentido amplo. Ou seja, desde a incorporação de tecnologia para a simplificação e melhoria dos processos, como na mudança de pensamentos das lideranças e colaboradores para metodologias ágeis de gestão.

 

Importante! Não podemos deixar as atividades operacionais de lado, pois elas existem para permitir que a organização se mantenha operando dentro das regulamentações e do compliance necessário. Mas rediscutir o papel do RH, voltando-o para um papel mais estratégico, significa transformar as atividades operacionais de forma que sejam mais ágeis, simples, melhores e mais baratas. Com isso, o time do RH poderá dedicar mais tempo a pensar e executar atividades que ajudem a gerar valor.

 

A MERITHU tem, na sua essência, o desenvolvimento humano. Acreditamos que quanto melhores forem as pessoas, melhores serão os resultados. É por isso, que em muitos dos projetos trabalhamos lado a lado com o time do RH do cliente, ajudando na estruturação de recrutamento de talento, na definição e avaliação do perfil do time, no desenvolvimento de lideranças e talentos através de mentoria para resultados e no treinamento personalizado aos problemas do cliente.

 

Se quer saber mais sobre o papel estratégico do time de RH, confira a conversa que o nosso CEO Eduardo Baltar teve com a GROU no evento HR FIRST.

 

 

 

 

Autora:

 

 

 Karen Medroa

 

É Consultora Sênior da MERITHU Consultoria no Rio Grande do Sul. Durante os 7 anos de sua trajetória adquiriu experiência em gestão, controladoria e implantação de projetos complexos, atuando em projetos de governança familiar, melhoria de receita, gestão de contratos, estruturação e implantação de modelo de gestão, treinamentos internos e educação corporativa, implantação de ERP e formulação estratégica. É Economista formada pela UFRGS e Mestra em Administração pela PUCRS com ênfase em Estratégia, Organização e Sociedade e pesquisadora na área de inovação social.

 

Data de publicação: 28/07/2021

MERITHU Consultoria

Somos uma empresa de Consultoria que acredita que o desenvolvimento humano é o principal fator de geração de Resultados para uma organização.

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: