Top

Coaching, mentoring ou consultoria: como diferenciar e escolher

Coaching, mentoring ou consultoria: como diferenciar e escolher

Coaching, mentoring ou consultoria: como diferenciar e escolher

 

Você precisa desenvolver seus líderes para melhorar os resultados da sua empresa?  Já se perguntou como obter apoio para esses desafios? Dentre as diversas abordagens de apoio possíveis, vamos apresentar neste artigo as três mais relevantes: coaching, mentoring e consultoria. Você sabe a diferença entre elas e qual a mais adequada para o seu desafio?

 

A importância do tema vai muito além do desenvolvimento de líderes para a obtenção de melhores resultados. Um estudo do instituto Gallup mostrou que 87% dos millenials (nascidos entre 1980 e 1996) consideram importante que existam oportunidades de aprendizado e crescimento em seus empregos. Ter essas possibilidades está diretamente relacionado com o planejamento deles de permanecer na empresa no próximo ano. O problema é que menos de 40% dos millenials concorda fortemente que aprendeu algo novo no trabalho nos últimos 30 dias, e menos da metade no último ano.

 

Isso mostra que a abordagem clássica de aprendizado nas empresas não está funcionando para as novas gerações. Não é mais possível supor que uma abordagem one-size-fits-all, onde os mesmos conteúdos e desafios são apresentados para todos da mesma forma, irá suprir as necessidades de desenvolvimento das pessoas. Por isso abordagens personalizadas, como coaching, mentoring e consultoria são tão importantes.

 

Coaching

 

Para Whitmore (2017), respeitado autor da temática de coaching, faz mais sentido reunir as duas primeiras abordagens em apenas uma, que ele chama de coaching. Isso acontece pois o foco dessa prática é a busca da melhoria do desempenho da pessoa em alguma área. Dessa forma, ele explica que o foco do coach deve ser prover estímulos que auxiliem o cliente a despertar e expressar potenciais não desenvolvidos. Ainda assim, a abordagem de coaching diferencia-se do mentoring tradicional e da consultoria por não buscar oferecer soluções prontas para melhorar o desempenho, e sim estimular a pessoa a sair de sua zona de conforto constantemente através de boas perguntas que gerem insights, identificando ela mesma as possíveis soluções para seus dilemas.

 

Mentoring

 

Já o mentoring tradicional difere do coaching e da consultoria por se tratar de um processo de troca de conhecimento entre duas pessoas. Segundo Ronsoni (2018), pressupõe-se que o mentor seja uma pessoa com experiência e conhecimento mais avançado em determinada área e que esteja empenhado em proporcionar desenvolvimento a um mentorado. Assim, ele auxilia a encontrar respostas e caminhos para o desenvolvimento na carreira de uma pessoa por meio de exemplos e sugestões baseadas na sua própria experiência.

 

Consultoria

 

De maneira geral, a consultoria é definida como uma atividade especializada que identifica e localiza processos que estão sendo executados de maneira diferente do que o de um ideal conhecido, oferecendo então soluções de melhoria personalizadas e criando alternativas que aprimorem a atividade exercida por uma empresa. Assim, necessita de grande conhecimento do consultor sobre a área, que analisa de forma técnica e profunda a empresa. O desenvolvimento das pessoas ocorre na interação com os consultores ao longo de uma intervenção de consultoria.

 

 

Selecionando a mais adequada

 

Em um artigo da HBR, Vineet Chopra e Sanjay Saint mostram que um dos pontos mais importantes para o sucesso de um processo de mentoring é que você saiba definir exatamente qual o tipo de ajuda que você precisa. O mesmo vale para escolher entre essa abordagem, o coaching ou a consultoria.

 

Caso o desenvolvimento deva ser orientado por uma pessoa mais sênior que ajude a mostrar o melhor caminho para o crescimento, sugerimos a adoção do mentoring.  Um processo de mentoring pode focar em desenvolvimento de competências de liderança, habilidades técnicas ou gerenciais na prática. Nesses casos, quem irá resolver o problema será o próprio mentorado, mas sempre com o mentor como orientador. O programa de desenvolvimento de líderes da MERITHU permite, ao longo de 9 meses, desenvolver competências alinhadas à agenda do líder, o que consequentemente resulta em melhores resultados para as organizações.

 

Caso o desenvolvimento deva focar em dificuldades pontuais de competências, as organizações podem se beneficiar fortemente de processos de coaching. Esse processo bem feito pode ser a prática mais eficiente para melhorar a performance humana. Aqui, haverá um compromisso forte entre coach e cliente na busca por um resultado de curto prazo.

 

Por fim, se o foco for a resolução de um problema da empresa em que falte conhecimento ou tempo para a resolução interna, a consultoria pode ser a melhor opção. Os consultores são especialistas em uma metodologia de análise e solução de problemas em determinada área técnica. A contratação de projetos nessa metodologia permite que o consultor analise o problema e proponha solução, ao mesmo tempo que traz conhecimento para as pessoas da empresa que participam do processo. Por isso muitas pessoas referem-se à contratação da consultoria como um MBA na prática.

 

Referências

 

WHITMORE, John. Coaching for Performance: The Principles and Practice of Coaching and Leadership. Nicholas Brealey Publishing, 2017.

 

RONSONI, Marcus. Mentoria organizacional: Manual de implantação de programa interno. Primavera Editorial, 2018. Kindle Edition.

 

 

Autores:

 

 

 Priscila Nogueira

 

Atualmente é consultora Master na MERITHU Consultoria. Durante seus 30 anos de trajetória, auxiliou organizações de diversos portes e setores a melhorarem seu desempenho através de Redesenho de Processos, Gerenciamento de Receitas, Despesas, Gerenciamento da Rotina e Gestão Estratégica, atuando também ativamente na implementação de Sistemas de Gente e Gestão e Governança. É Administradora Pública formada pela Fundação Getúlio Vargas , com MBA em Finanças Corporativas pelo IBMEC, Mestre em Sistemas de Gestão pela UFF, Especialista em Marketing pela ESPM e Especialista em Controladoria pela USP.

 

 

Éric da Silva

 

É Consultor da MERITHU Consultoria no Rio Grande do Sul. Durante sua trajetória profissional atuou em desenvolvimento de produto, dimensionamento de produção e também redução de custos de produção. É graduando em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e possui Extenções Universitárias em Professional & self Coaching, Bussiness & Executive coaching e Master Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching.

 

MERITHU Consultoria

Somos uma empresa de Consultoria que acredita que o desenvolvimento humano é o principal fator de geração de Resultados para uma organização.

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: